Os diferentes tipos de cooperativas.

0

Conheça melhor como funcionam algumas dessas instituições.
VANTAGENS DA COOPERAÇÃO 
Você já deve saber que cooperativas são associações de pessoas com algum interesse em comum, que se unem para prestar serviços entre si, a fim de ter vantagens também comuns a todo o grupo.

Ou seja, ao invés de competirem entre si em alguma atividade econômica, as pessoas unem-se em vista de um objetivo comum, de forma democrática, compartilhando os resultados na medida da colaboração de cada um.

2

Afinal, de acordo com os princípios do cooperativismo, essas instituições têm adesão voluntária e livre, são administradas democraticamente por todos os seus membros, promovem a educação, a formação e a informação e têm interesse no desenvolvimento das comunidades onde atuam. Além disso, por lei, não estão sujeitas à falência e não visam lucro, focando-se na prestação de serviços.

Com isso, há cooperativas atuando nos mais distintos segmentos. Conheça algumas:

1 – O que são cooperativas de consumo?

São associações que buscam abastecer seus cooperados, fazendo compras em comum, para uso doméstico, com preços menores e mantendo a qualidade. Comprando em escala, os associados conseguem negociar descontos maiores e, assim, a cooperativa defende economicamente seus cooperados.

A diferença entre uma cooperativa e um supermercado comum (além dos preços mais competitivos) está na importância dada ao cooperado, que (tendo adquirido uma quota para se associar) não é um mero comprador, mas um dos donos do negócio, participando de todas as decisões da cooperativa.

2 – Quais são os três tipos de cooperativas habitacionais?

Uma cooperativa habitacional tem por objetivo adquirir residências com custos mais acessíveis para seus cooperados. Mas isso pode ocorrer de três formas, basicamente:

a) a cooperativa é formada por profissionais, técnicos e trabalhadores da construção civil que se reúnem para construir habitações para si e/ou para o público em geral.

b) a cooperativa é integrada por pessoas que decidem, em mutirão, construir casas apenas para seus associados (o trabalho da cooperativa termina quando o último sócio tiver sua residência).

c) a cooperativa é formada por pessoas que se dedicam ao financiamento da construção de casas, seja só para seus sócios, seja para outrem.

3 – Qual a diferença entre cooperativa de trabalho e cooperativa de produção?

Ambas têm trabalhadores em sua formação. Mas a cooperativa de trabalho é integrada por uma categoria específica (ex.: cooperativa de dentistas, cooperativa de costureiras, cooperativa de catadores, etc.), com objetivo de conseguirem melhores condições de trabalho (espaço, insumos, formação, etc.) e valores superiores de contratação dos seus serviços.

Já a cooperativa de produção pode ser formada por trabalhadores de categorias diversas, mas todos envolvidos na produção de um determinado tipo de bem; produzindo, beneficiando, industrializando, embalando e comercializando o produto escolhido (ex.: cooperativa de produção de fogões, coop. de produção de móveis de madeira, coop. de confecção de roupas, etc.).

4 – Para que serve uma cooperativa agropecuária?

As cooperativas agrícolas e agropecuárias tem por vocação principal ajudar seus associados (produtores rurais) a comercializar, da melhor maneira possível suas produções, conseguindo bons compradores e preços para os produtos agropecuários. Com o ganho de escala na produção, os cooperados conseguem fazer grandes negócios, inclusive exportações (que costumam ser inviáveis para o produtor individual).

Além disso, a maioria das cooperativas agropecuárias mantém uma equipe técnica para dar assistência aos produtores, garantindo-lhes mais informação e melhores produções. E algumas dessas associações ainda oferecem serviços para o produtor, como o beneficiamento de café, a pasteurização de leite, a embalagem de produtos, etc.

5 – O que é uma cooperativa educacional?

Formada por professores e/ou pais de alunos, é uma associação organizada para prestar serviços educacionais, com ensino de qualidade e preços melhores do que em uma escola comum.

Seu funcionamento também é regulado pelo MEC, sendo que o corpo docente e a equipe de direção pedagógica são funcionários contratados. Sua maior vantagem é – diante da duvidosa qualidade da educação brasileira – permitir que pais e professores tenham maior participação na instituição de ensino.

6 – Cooperativa de crédito é o mesmo que cooperativa financeira?

Sim. Os dois nomes são usados para designar o mesmo tipo de instituição: uma associação entre pessoas que buscam administrar suas finanças, com mais vantagens do que em um banco comum.

Assim, as cooperativas de crédito (ou cooperativas financeiras) oferecem, em geral, os mesmos produtos e serviços financeiros que um banco – cartões, contas, pagamentos, aplicações, empréstimos, financiamentos, etc. E como instituições financeiras, também têm seu funcionamento regulado pelo Banco Central.

7 – Quais as diferenças entre uma cooperativa financeira e um banco comum?

Para começar, cooperativas não visam lucro. Assim, uma cooperativa de crédito pode chegar a cobrar até 20% menos do que um banco por seus produtos e serviços financeiros. E se houver sobras, elas podem ser reinvestidas na cooperativa ou divididas entre os associados.

Afinal, em uma cooperativa não há clientes, mas sim sócios. Todos com o mesmo poder de voto. Todos com igual participação nas decisões e políticas da cooperativa. Dessa forma, é possível ter certeza de que seu dinheiro está sendo bem administrado.

4 de outubro de 2017 |

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Desenvolvido por NETDEEP TECNOLOGIA (c) - 2015 - Conteúdo por Irineu Salgado
Pular para a barra de ferramentas