5 ideias para economizar na festa de formatura.

0

Dicas para quem quer comemorar muito e gastar pouco.
GUIA DE BOLSO 
Após tanta dedicação aos estudos, a festa de formatura é um merecido momento de comemoração, que costuma emocionar a formandos, parentes e amigos. E isso vale tanto para formaturas de escola, quanto para as de faculdade.

Aliás, os eventos de formatura estão cada vez mais superproduzidos e alguns chegam a custar uma pequena fortuna, é verdade. Mas é possível, sim, fazer uma superfesta sem gastar muito.

O mais importante para que a festa seja realmente um sucesso é engajar todos os formandos participantes no planejamento do evento desde o início. Vocês podem montar uma comissão de formatura para administrar a produção. Mas é positivo ter encontros com toda a turma, para que todos participem das decisões e sejam informados das ações da comissão.

Confira também outras dicas para fazer a festa de formatura com economia:

– Pesquisem preços/fornecedores
Para economizar em qualquer negócio, pesquisar e comparar preços é fundamental. No caso da festa de formatura não é diferente. É recomendável pesquisar e comparar os preços de, pelo menos, três fornecedores diferentes.

E o mais indicado é não deixar tudo na mão de um fornecedor só, para que a festa não fique 100% comprometida no caso de haver algum imprevisto.

Aliás, quando uma comissão de formatura organiza a festa, contratando os devidos fornecedores para cada área, o evento costuma sair por um custo menor.

Outro ponto de atenção nesta etapa são os contratos. É importante lê-los com cautela para garantir a perfeita realização do evento como se planeja. No caso dos fotógrafos, por exemplo, observem que os formandos e convidados não podem ser proibidos de portar câmeras profissionais na festa (isso é prática abusiva), entre outros detalhes.

– Planejem-se com antecedência
Outra dica de economia sempre válida é planejar-se com antecedência. Assim, é possível fazer o pagamento de alguns itens ou fornecedores de forma parcelada, suavizando o impacto do pagamento no bolso de todos.

Além disso, com tempo de sobra, fica mais fácil pesquisar e comparar preços, arrecadar dinheiro com outras ações e organizar tudo com cuidado.

Segundo especialistas, o ideal é que a comissão de formatura comece a planejar a festa com seis meses de antecedência, ou seja, no início do último semestre.

– Considerem datas e locais alternativos
Para planejar o local da festa, primeiro, é preciso ter boa noção do número de convidados que possivelmente estarão presentes. Com isso definido, busquem locais menos badalados, espaços alternativos, enfim, considerem diferentes possibilidades e suas adequações ao estilo da festa que estão planejando.

A data do evento também pode representar alguma economia, principalmente, se for próxima de algum feriado.

– Façam vocês mesmos algumas partes
Na pesquisa de fornecedores, vale levar em conta os próprios formandos, assim como seus contatos (que podem ser preciosos neste momento).

Pode ser, por exemplo, que alguém possua bons talentos culinários para fazer o bolo da festa ou seja parente de uma boa confeiteira. Quem sabe, um dos formandos tenha dotes artísticos para produzir as lembrancinhas ou até os centros de mesa para decorar a festa.

E para algumas tarefas mais simples, dá até para reunir a turma para fazer, como é o caso das plaquinhas divertidas usadas para fotos, com mensagens como: “Missão cumprida!”, “Status: formado”, “Miga, formei”, etc.

– Façam rifas e eventos para arrecadar dinheiro
Para diminuir a soma financeira investida por cada formando, o grupo também pode planejar ações para arrecadar dinheiro externo.

Algumas formas populares de fazer isso são os eventos, como churrascos, festas, entre outros. É possível fechar acordo com algum bar ou casa noturna, por exemplo, para que vocês ganhem as entradas e a casa fature com a venda de bebidas. Rifas de prêmios também costumam ter bom retorno.

Outra ideia de arrecadação específica para a formatura é o Livro de Ouro: um livro com uma breve história da turma de formandos e várias páginas em branco para que os próprios formandos possam angariar assinaturas de parentes e amigos que quiserem contribuir com a festa. A ideia é que essas pessoas assinem o livro e registrem ao lado o valor da sua contribuição, para que, ao final, todos tenham noção da cooperação geral para a realização da festa.

fonte:http://www.oseudinheirovalemais.com.br/5-ideias-economizar-festa-formatura/

4 de outubro de 2017 |

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Desenvolvido por NETDEEP TECNOLOGIA (c) - 2015 - Conteúdo por Irineu Salgado
Pular para a barra de ferramentas